Anedotas de humor negro

Votos de utilizador:  / 0
FracoBom 

Numa prova oral do curso de medicina, o professor pergunta:
- Quantos rins nós temos?

- Quatro! - responde o aluno.
- Quatro? - replica o professor, arrogante. 
- Traga um feixe de palha, pois temos um asno na sala de aula! - Ordena o professor ao seu auxiliar.
- E para mim um cafézinho! - Replicou o aluno ao auxiliar do Mestre.
Exasperou-se o professor, e expulsou o aluno da sala. O aluno ao sair da sala, teve ainda a suprema audácia de corrigir o supremo Mestre:
- O senhor perguntou-me quantos rins nós temos. Nós temos quatro: Dois meus e dois seus; tenha um bom apetite, delicie-se com a palha!

 
A Mãe estava na cozinha enquanto ouvia o filho a brincar na sala com o novo Comboio eléctrico. Ela ouviu o comboio parar e o seu filho dizer: 
- Todos os filhos da p**a que querem desembarcar, saíam da m*rda do comboio agora, porque esta é a última estação! E todos os filhos da p**a que estão a voltar e desejam entrar na m*rda do comboio, mexam o c* agora mesmo, porque vamos sair com esta m*rda!
A mãe irritadíssima foi à sala e disse ao menino: 
- MAS O QUE É QUE SE PASSA AQUI? EIH!?? Nós não usamos esse tipo de linguagem cá em casa! Vai já para o teu quarto e ficas lá durante 2 HORAS para ver se aprendes uma linguagem adequada. Depois podes voltar a brincar com o comboio.
Duas horas depois o garoto sai do quarto e volta a brincar com o comboio.
Quando o comboio pára, a mãe ouve o filho dizer: 
- Senhores passageiros: Todos os passageiros que estão a desembarcar,queiram por favor, levar os seus pertences pessoais! Agradecemos a todos por viajar connosco, esperamos que tenham feito uma óptima viagem e esperamos que viajem connosco novamente!
Ainda ouviu o pequeno acrescentar: 
- Para aqueles que estão a embarcar, pedimos que acomodem as suas malas debaixo dos assentos! Lembrem-se que não há área para fumadores no comboio! Esperamos que todos tenham uma excelente e relaxante viagem.
Quando a mãe já sorria de satisfação por o castigo ter resultado, ouviu o menino acrescentar:
-Para aqueles que estão absolutamente fo**dos com o atraso de DUAS HORAS... Reclamem com a vaca que está na cozinha!! 

 

A professora de uma escola primária mandou que os seus brilhantes alunos escrevessem uma redacção, onde fossem tratados, os seguintes temas:
1. Monarquia
2. S*xo
3. Religião
4. Mistério
Quem terminasse, estaria dispensado, e poderia voltar para casa. Passados uns míseros segundos, o JUQUINHA levanta a mão, e diz que já terminou.
A professora, sem acreditar, pede que ele leia a sua redacção.
Ele levanta-se e diz:
- Foram ao c* à rainha. Meu Deus! Quem terá sido?

 

No outro lado, não!

A mãe, mesmo antes do casamento da sua querida filhinha virgem, coitadinha, deu-lhe o seguinte conselho:
- Querida filhinha, tu agora vais fazer certas coisas que nunca fizeste. Vais fazer amor. Vais ser uma mulher! MAS... quando estiveres no acto intimo com o teu marido, se alguma vez ele te perguntar "queres experimentar no outro lado?" dizes NÃO! Nunca experimentes no outro lado... pois é pecado!
- Sim mamã - respondeu a filhinha, atenta e decidida a seguir o ensino da mãezinha.
A filhinha casou-se... os aninhos passaram... 5... 10... 15... ate que no vigésimo aniversario do casamento da filhinha, o marido perguntou-lhe:
- Querida, tenho um desejo... apetecia-me algo diferente: não queres experimentar no outro lado?
E a filhinha, ainda com a mãezinha (que Deus a tenha) e todos os seus juízos no coração, respondeu, com firmeza:
- NÃO! NÃO! NÃO! E NÃO! Nem penses! E o gajo, coitado, disse:
- Mas querida... assim nunca vamos ter filhos!!

 

 

Dois caras foram pegos pelos policiais fumando maconha.
No dia do julgamento o juiz disse: - Vocês parecem ser boas pessoas, por isso lhes darei uma segunda chance.
Ao invés de irem pra cadeia, vocês terão que mostrar para as pessoas o terrível lado das drogas e convencer outros a pararem de usar ou mesmo começar. Vejo-os daqui a uma semana.
Na semana seguinte os dois voltaram a corte. O juiz perguntou para o primeiro cara:
- Como foi sua semana?
- Bem, meritíssimo, eu convenci 17 pessoas a pararem de consumir drogas para
sempre!
- 17 pessoas!! Que maravilha. O que você disse para elas? - Perguntou o juiz.
- Eu usei um diagrama, meritíssimo. Desenhei 2 círculos como estes...

O o

...e disse isto: - O círculo maior é seu cérebro e o menor é seu cérebro depois das drogas.
- Muito bem!! disse o juiz. E você? Como foi? (disse para o segundo)
- Eu convenci 234 pessoas, meritíssimo!!! disse o segundo cara.
- 234!!! Incrível!!! Como conseguiu? perguntou o juiz.
- Utilizei um método parecido com o meu colega. Desenhei 2 círculos:

o O

- Eu disse apontando pro círculo menor: "este é seu c* antes da prisão..."

 

 

Uma criança está dentro do carro do seu pai, quando avista duas prostitutas na calçada...
- Pai, quem são aquelas senhoras?
O pai meio embaraçado, responde:
- Não interessa filho... Olha antes para esta loja... Já viu os lindos brinquedos que tem?
- Sim, sim, já vi. Mas... quem são as senhoras e o que é que estão fazendo ali paradas?
- São... são... São senhoras que vendem na rua.
- Ah sim?! Mas vendem o quê?? - pergunta admirado o garoto.
- Vendem... vendem... Sei lá... vendem um pouco de prazer.
O garoto começa a reflectir sobre o que o pai lhe disse, e quando chega em casa, abre a sua carteira com a intenção de ir comprar um pouco de prazer.
Está com sorte! Pode comprar 50 reais de prazer! No dia seguinte vai ver uma prostituta e pergunta-lhe:
- Desculpe, minha senhora, mas pode me vender 50 reais de prazer, por favor?
A mulher fica admirada, e por momentos não sabe o que dizer, mas como a vida está difícil , ela aceita, leva o garoto para casa dela e prepara-lhe seis pequenas tortas de morangos. Já era tarde quando o garoto chega em casa.
O seu pai, preocupado pela demora do filho, pergunta-lhe onde ele tinha estado. O garoto olha para o pai e diz:
- Fui ver as senhoras que nós vimos ontem, para comprar um pouco de prazer!
O pai fica amarelo:
- E... e então... como é que se passou?
- Bom, com as quatro primeiras não tive dificuldade. A quinta levei quase uma hora. A sexta foi com muito sacrifício, tive quase que empurrar com o dedo, mas comi mesmo assim. Ao final estava todo lambuzado, derramei creme por todo o chão e fui convidado a voltar amanhã, posso ir?
O pai cai de costas...


 

Um tipo vê uma mulher linda, com uns seios espectaculares, a sair do autocarro.
Corre até ela e pergunta:
- Deixaria eu morder os seus seios por 50 euros?
- Você deve estar maluco - diz a rapariga.
- E por 500 euros você deixaria?
- Olhe, não me leve a mal, mas não sou desse tipo de mulher. Ele insiste:
- Por 5.000 euros você deixaria eu morder os seus seios maravilhosos?
A mulher hesita, pensa um pouco e finalmente responde:
- Por 5.000 euros tudo bem. Então vamos até aquele cantinho...
Ela abre a blusa e liberta tudo para o tipo. O sujeito beija, passa as mãos, encosta a cabeça, 
mas nada de morder... Até que a mulher perde a paciência:
- Você vai ou não vai morder?
- Eu não! É muito caro!!! 


 
Em pleno acto ela diz:
- Pareces um telemóvel.
Ele pergunta:
- Vibro muito não é?
Ela:
- Não, quando entras no túnel perdes rede...

 

Um mendigo entra num bar e pede a um homem que lhe pague um café. 
Com pena, o homem oferece-lhe uma cerveja. O mendigo diz: 
- Não obrigado, não bebo, só quero o café. 
Então, o homem oferece-lhe um bilhete de Lotaria. 
- Não obrigado, não jogo, só quero o café. 
Com muita insistência, o homem oferece-lhe um cigarro. 
- Não fumo, só quero o cafézinho - recusa o mendigo. 
O homem insiste novamente e diz que paga uma noitada com uma prostituta. 
- Não obrigado, eu não traio a minha mulher, só quero um café. 
Então o homem leva o mendigo para sua casa e diz à mulher para lhe preparar o café. 
Curiosa, ela pergunta ao marido: 
- Porque trouxeste para casa um mendigo sujo só para tomar um café? 
- Para te mostrar como fica um homem que não bebe, não joga, não fuma, e não dá uma queca por fora, de vez em quando. 


 

Um casal de velhinhos vai ao escritório de um advogado para que seja preparado o divórcio.
O advogado, vendo-os assim tão velhinhos, pergunta-lhes porquê nessa idade tão avançada.
Então a velhinha diz:
- Veja doutor, ele tem, com muitos esforços, uma única erecção no ano e.....
Ao que o velhinho a interrompe dizendo:
- E ela pretende que eu a desperdice logo com ela...!!!

 

Dois jovens namorados foram a um passeio romântico pelas montanhas no meio do Inverno. Quando lá chegaram, o rapaz foi à procura de alguma lenha para fazer uma fogueira. Quando voltou, disse à namorada: 
- Querida! estou com as mãos geladas. 
- Bem! Põe-as entre as minhas pernas, que elas logo aquecem. - respondeu a namorada, levantando a saia. 
Depois do almoço, ele voltou a ir à procura de mais lenha. Quando regressou, disse outra vez: 
- Querida, estou outra vez com as mãos geladas. 
- Põe-as entre as minhas pernas que elas aquecem. - Respondeu outra vez a namorada. 
Depois do jantar, ele voltou a ir à procura de mais lenha e, quando regressou, disse outra vez: 
- Querida, estou outra vez com as mãos geladas. 
Ela olhou para ele muito séria e disse-lhe: 
- Mas será que tu nunca tens frio nas orelhas? 

 

Duas amigas decidiram fazer uma noite de borga sozinhas sem os seus respectivos e "liberais" maridos. De madrugada, quando regressavam a casa, tresandando a álcool e a tabaco, e com uma forte vontade de ir até a casa de banho, entram no cemitério como alternativa ao wc e decidem ali mesmo fazer as suas necessidades. Vai a primeira e como não encontrou nada para se limpar, usa as cuecas para o efeito e deita-as fora. A segunda como também não encontrava nada para se limpar apanhou a fita de uma coroa de flores e limpou-se com ela. Na manhã seguinte os maridos (liberalíssimos) falam por telefone um com o outro e dizem: 
- Oi Xico, tás fino? Olha lá parece-me que as nossas mulheres deram-lhe forte e feio esta noite... Sabes porquê? Não é que a minha chegou a casa sem cuecas!!! 
O outro diz: - Olha tu tás com sorte, a minha chegou a casa com uma etiqueta autocolante entre as pernas que dizia: "Os teus amigos do Seixal não te esquecerão nunca..." 

 

 

Um suíço, procurando orientação sobre o caminho, para seu carro ao lado de outro carro, este com dois brasileiros dentro. 
O suíço pergunta: 
- Entschuldigung, koennen sie Deutsch sprechen? 
Os dois brasileiros ficaram mudos. 
- Excusez-moi, parlez vous français? Tentou. 
Os dois continuaram a olhar para ele impávidos e serenos. 
- Prego signori, parlate italiano? 
Nada por parte dos brasileiros. 
- Hablan ustedes espanol? 
Nenhuma resposta. 
- Please, do you speak english? 
Nada. Angustiado, o suíço desiste e vai embora. 
Um dos brasileiros vira-se para o outro e diz: 
- Talvez devêssemos aprender uma língua estrangeira... 
- Mas pra que, companheiro? Aquele idiota sabia cinco e adiantou alguma coisa??! 

 

Conversa di roça!

Gislaine era uma caipirinha deliciosa de 17 anos, ainda virgem. 
João Gafanhoto era o cara mais tarado da região, que vivia convidando a moça pra ir pra cama, pro sofá, pro mato, pra qualquer lugar, desde que fosse pra fazer s*xo. 
Certo dia ela finalmente concordou e os dois foram pra uma moita, atrás da casa da moça. Mas, como não sabia nada sobre o assunto, ela pediu instruções: 
- Ai, Jão... Cumé qui é esse negócio de s*xo? 
- Simpres, Gislaine! E é bão dimais, sô! 
- Mas como que eu faço? Me exprica, homi! 
- Primero ocê levanta a saia! 
- Assim? - disse a gostosona, mostrando a calcinha. 
- Hummm! Isso memo, Gislaine! Assim memo, sô! 
- I Agora? 
- Agora ocê baxa a carcinha! - disse ele, excitadíssimo. 
- E agora, Jão? 
- Hummmm... ?... Agora agacha e mija qui seu pai tá oiano nóis com uma espingarda na mão!

 

Num jardim encontravam-se duas estátuas, de frente uma para a outra.
Uma feminina, outra masculina.
Um dia apareceu um anjo que lhes disse:
- Como vocês têm sido duas estátuas exemplares, trazendo tanto deleite a quem vos contempla, vou vos conceder 30 minutos de vida para que possam durante esse tempo fazerem o que vos apetecer.
Assim que o anjo se calou as estátuas ganharam vida. Olharam uma para a outra, sorriram e correram para trás de uns arbustos. O anjo sorriu ao ouvir as suas risinhos, enquanto se ouvia o barulho dos arbustos e restolhar de folhas. 15 minutos depois as duas estátuas saíram de trás dos arbustos com uma expressão de grande satisfação.
O anjo ficou algo confuso e perguntou-lhes:
- Ainda vos restam 15 minutos! Não querem aproveitar esse tempo?
A estátua masculina olhou para a sua companheira e perguntou-lhe:
- Queres repetir ?
Sorrindo a estátua feminina respondeu:
- Claro ! Mas desta vez seguras tu no pombo e cag*-lhe eu na cabeça.

 

Um casal de idosos, Manel e Maria, ia todos os anos a um espectáculo aéreo no aniversário de Manel. No 85º aniversário de Manel, este vira-se para a mulher e diz: 
- Maria, tenho 85 anos, quero andar de helicóptero, pode ser a última oportunidade que tenho! 
- Mas Manel, andar de helicóptero custa 100 euros, isso é muito dinheiro! A nossa pensão é muito pequena! 
O piloto não conseguiu evitar ouvir a conversa e fez-lhes uma proposta: 
- Oiçam, fazemos um acordo. Eu ofereço-vos uma viagem, desde que não façam um pio durante a mesma! Qualquer palavra ou grito que dêem e o acordo acaba. 
O Manel e a Maria aceitaram e lá foram eles. O Piloto subiu, desceu, virou o helicóptero ao contrário, zig zags, muitas manobras que fariam qualquer um gritar, mas nenhum deles abriu a boca. Ao voltar para terra, o piloto mostrou-se muito admirado. 
Piloto: Fabuloso, fiz manobras que fariam qualquer piloto da força aérea berrar, mas de vocês não ouvi nada! Parabéns! Prometido é cumprido, não cobro nada pela viagem! 
Manel: Eu estive para dizer qualquer coisa quando a Maria caiu do helicóptero, mas 100 euros são 100 euros!
 

 

Um chinês e uma Portuguesa casam. Ela.... Uma rapariga muito tímida, muito envergonhada.
Ele... Apaixonado por ela e desejoso de lhe agradar... Na noite de núpcias, diz...
Ele ( com muita paciência)...
- Quelida, não estejas assim. Hoje é o plincipio das nossa vidas em comum. A plimeila noite que passamos juntos. Vai sel uma noite pala lecoldalmos pala toda a vida.
Ela encolhida a um canto do quarto.
Ele:
- Vá ... meu amol, como hoje é a plimeila noite que passamos juntos, vais sel tu a escolhel o que queles fazel... Vá escolhe lá e fazemos tudo o que quiseles.
Ela ( hesitante):
- Apetecia-me um 69...
Ele ( espantado ):
- Um 69!? Um 69?!? Mas pala que laio queles tu "galinha com amêndoas" a uma hola destas?!?

 

 

Um homem que não tinha braços nem pernas foi convidado pelos amigos para ir à praia. Chegado lá resolveu ir apanhar sol, deitado na areia, enquanto seus amigos foram dar uma volta para ver o mulherio. 
Passado algum tempo, ao fim da tarde, a praia já estava deserta e a maré começou a subir e nada dos amigos voltarem. 
O aleijado então começou a ficar preocupado, a água já estava a dois metros dele. 
- Socorro! Alguém me ajude!? Ninguém. Já eram 5:30, nada. A areia já estava molhada sob ele. Depois de muito gritar, o coitado avistou um vulto que cambaleava. 
- Estou salvo - pensou ele. Era um bêbado. 
O homem aproximou-se do aleijado e pegou-o ao colo. Porém o bêbado caminhava em direcção à água: 
- Não, não!!! Eu quero sair daqui. Com a água à altura do peito, o bêbado solta suavemente o aleijado e diz: 
- Vai tartaruguinha, vai! A liberdade espera-te. 

 

Um bombeiro estava a reparar o motor duma ambulância, na parte de fora do quartel quando reparou que no outro lado da rua estava a passar um miúdo com um carrinho vermelho com umas mangueiras de lado e um capacete de bombeiro. O carro estava atrelado a um cão e um gato. 
- O bombeiro disse ao miúdo: "Hei, coleguinha, o que estás a fazer?" 
- E o miúdo responde: "Eu quero ser um bombeiro e esta é a minha ambulância." 
O bombeiro aproxima-se para ver melhor a ambulância do miúdo e depara que o carrinho está atrelado ao pescoço do cão e aos tomates do gato . 
O bombeiro diz: "Sabes, não devias fazer isso ao gato." 
E o miúdo responde: "Pois não, mas onde é que eu arranjava uma sirene?"

 

 

O Jaquim caminhava pelo pasto da quinta com a Manela até que viram um cavalo a montar numa égua. A Manela perguntou logo:
- Jaquim, o que é aquilo?
E o Jaquim explicou:
- Eles estão acasalando. A égua está no cio e o cavalo percebeu isto e está montanto nela.
E a Manela pergunta:
- Mas como o cavalo sabe que ela está no cio?
Ele respondeu:
- É que o cavalo sentiu o cheiro da égua no cio.
Passaram mais adiante e estava um bode a transar com a cabra e a Manela perguntou de novo a mesma coisa. E o Jaquim deu a mesma resposta. Mais à frente, encontraram um boi a montar uma vaca e ela perguntou de novo e ele deu a mesma resposta, que o boi sentiu o cheiro da vaca e vai daí. Então a Manuela perguntou:
- Ó Jaquim se eu lhe perguntar uma coisa você não vai ficar chateado?
E ele responde:
- Claro que não, pergunte.
- ESTÁ COM O NARIZ ENTUPIDO ?

 

Um casal muçulmano "moderno", preparando o casamento religioso, visita um Mullah buscando conselho.
No final, o Mullah pergunta se eles têm mais alguma dúvida. O homem pergunta :
- Nós sabemos que é uma tradição no Islão os homens dançarem com homens e mulheres dançarem com mulheres.
Mas na nossa festa de casamento, gostaríamos de sua permissão para que todos dancem juntos.
- Absolutamente, não ! - diz o Mullah - É imoral. Homens e mulheres sempre dançam separados.
- Então após a cerimónia eu não posso dançar nem com minha própria mulher?
- Não - respondeu o Mullah - É proibido pelo Islão.
- Está bem - diz o homem - E que tal s*xo ? Podemos finalmente fazer s*xo?
- É claro! - responde o Mullah - Alá é Grande! No Islão, o s*xo é bom dentro do casamento, para ter filhos !
- E quanto a posições diferentes ? - pergunta o homem.
- Alá é Grande ! Sem problemas ! - diz o Mullah.
- Mulher por cima ? - pergunta o homem.
- Claro ! - diz o Mullah - Alá é Grande. Pode fazer !
- De gatas
- Claro ! Alá é Grande !
- Na mesa da cozinha
- Sim, sim ! Alá é Grande !
- Posso fazê-lo, então, com as minhas quatro mulheres juntas, em colchões de borracha, com uma garrafa de óleo quente, alguns vibradores, chantilly, acessórios de couro, um pote de mel e videos pornográficos?
- Claro que pode ! Alá é Grande !
- Podemos fazer de pé ?
- Nãããããão, isso é que não ! DE MANEIRA NENHUMA ! diz o Mullah.
- E porque não ? pergunta o homem, surpreso.
- Porque vocês podiam entusiasmar-se e começar a dançar...
 

 

Um agricultor da Madeira muito rico casou-se com uma mulher da Madeira muito pobre. Como era um homem generoso ofereceu casa, carro e emprego a todos os familiares da esposa. Todos ficaram muito felizes: pai, mãe e irmão.
Certo dia, a mulher procurou os seus familiares e confessou-lhes:
- Não aguento mais o meu marido. Acho que me vou divorciar.
O pai indagou:
- Ele é um bom homem, minha filha. Ele Ama-te e respeita-te...
- Mas pai, o meu marido só quer fazer s*xo an*l, eu não aguento mais.. não me posso baixar para apanhar nada que lá vem ele. Quando me casei o meu "olho traseiro" parecia uma moeda de 1 cêntimo e agora parece uma moeda de 1 Euro.
- Ó Filha... vais arranjar uma encrenca por causa de 99 cêntimos??

 

Um turista hospeda-se num hotel, algures no Brasil...
Como fazia muito calor, resolve ir até ao bar. Senta-se numa mesa e pede um whisky.
Logo o barman coloca na sua frente um copo enorme.
- Que loucura, dá p'ra nadar aqui dentro! Porque é tão grande?
- É que aqui na cidade tudo é grande e exagerado - respondeu o empregado.
- Que maravilha!
E, rapidamente, bebeu tudo.
- Pode trazer outro!
Lá veio o barman com mais um canecão.
- Aqui tudo é grande, que desbunda imensa!
E emborcou p'ra dentro de novo. Figurão, já torto, ri à toa,feliz da vida, e diz:
- OOiiiiiiiiiiiiiii, onde ffffica a casa de banho?
- No final daquele corredor, à direita.
O homem levanta-se e, cambaleando, segue na direcção indicada, mas, no final do corredor, confunde-se e vira à esquerda.
Dá de caras com a piscina do hotel, e começa a rir mais ainda:
- Não é pozzzzzzzivel, aqui é grande mesmo!
Olha-me sssssóessssssste mijadeiro enorme!!!! E começa a urinar, feliz da vida.
Com o corpo balançando por causa da bebedeira, o coitado cai na piscina e começa a gritar desesperado:
- Socorro! Socorro!!!! Não puxem o autoclismo!
O porteiro do hotel, um negrão, vê a situação do bêbado e pula p'rá piscina para salvá-lo, começando a nadar na sua direcção.
O bêbado,em pânico, começa a mandar água na direcção do negrão gritando:
- Xô cagalhão! Xô cagalhão! 

 

UMA NOITE DE S*XO GRÁTIS

Numa Bomba de Gasolina, havia um cartaz onde se lia:
"ENCHA O DEPÓSITO E CONCORRA A UMA NOITE DE S*XO GRÁTIS"
Enchido o depósito, os dois amigos, Mukula e Kussumbé chamaram o funcionário e Mukula perguntou:
- Cumu si faz para concurreri à essi prumoção?
O funcionário explicou:
- É simples. Basta dizer um número de 1 a 10. Se for o mesmo número em que eu estou a pensar, o senhor ganha.
Mukula disse então:
- Oitu.
O funcionário respondeu:
- Errou... Eu estava a pensar no número quatro.
Uns dias depois, voltaram ao posto, encheram o depósito, chamaram o mesmo funcionário e Kussumbé perguntou:
- Inda istá uus prumoção?
- Sim. Diga um número de 1 a 10. Se coincidir com o que eu estou a pensar você ganha uma noite de s*xo grátis.
E Kussumbé disse:
- Cincu...
O funcionário:
- Não. Eu estava a pensar no número dois.
Depois de voltarem várias vezes sem acertar, Mukula comentou com Kussumbé:
- Acho qui o gajo desti posto está a enganari u genti pá, nois nunca acerta pá.... nunca bati certu.
- Xi meu .. deixa di disconfiança, pá... Istu é sériu. Só nus simana passada, minha esmulher àcertou treis vezis, pá....

 

Rádio de Sorocaba, Brasil (aconteceu de verdade)

 

Essa aconteceu na rádio de Sorocaba ! (Rádio Comunitária 97,1 FM)
Locutor:
- Quem ligar agora e fizer uma frase com uma palavra que não exista no dicionário ganha duas entradas para o cinema.
- Alô ! Quem é !
Ouvinte:
- Sérgio, do Jardim Magnólia.
Locutor:
- Olá Sérgio... Já conhece a brincadeira? Qual a sua palavra?
Ouvinte:
-Ah! A palavra é vaice!
Locutor:
- Vaice? Como se escreve?
Ouvinte:
- V - A - I - C - E
Locutor:
- Espera um pouco... Deixa-me consultar o dicionário... É ! Realmente esta palavra não existe. Agora faça uma frase com essa palavra e se a frase fizer sentido e descobrirmos o que significa a palavra você ganha!
Ouvinte:
- Ok, lá vai.... Vaice fuder ! - e nesse momento desliga a ligação.
Locutor: Que é isso pessoal ! Vamos colaborar... afinal existem crianças ouvindo. Vamos tentar outra ligação.
- Alô ! Quem é?
Ouvinte:
- Josélito, do Perobal !
Locutor:
- Olá Josélito... já conhece a brincadeira ? Qual é a sua palavra ?
Ouvinte:
-Eudi
Locutor:
- Eudi ? Como se escreve ?
Ouvinte: e - u - d - i
Locutor:
- Espera um pouco... deixa eu consultar o dicionário... Deixa eu ver....
Deixa eu ver.... eudesmano... eudesmol... eudésmia... eudiapneustia... eudiapnêustico... É ! Realmente esta palavra não existe. Agora faça uma frase com essa palavra e se a frase fizer sentido e descobrirmos o que significa a palavra você ganha !
Ouvinte:
- Ok, lá vai.... Sou Eudi Novo e Vaice f**er!

 

Num congresso médico, depois das conferências do dia, os colegas encontram-se no bar do hotel. Alguns contam suas últimas conquistas.
O Australiano começa:
- Tivemos um fulano que foi atropelado por uma jamanta e a única coisa intacta que tínhamos era seu dedo mindinho. A nossa equipa conseguiu, pelo DNA, refazer a mão, um novo braço, um novo corpo! O paciente ficou tão bom, que, de volta ao trabalho, tirou o emprego a cinco pessoas!
O Americano diz:
- Isso não é nada! Nós tivemos o caso de um operário que caiu no reactor atómico de uma central nuclear! A única coisa que sobrou foi um tufo de cabelo. Pelo DNA conseguimos reconstituir seu corpo todo, completinho.
Depois de ter alta, esse sujeito mostrou-se tão eficiente que cinquenta pessoas perderam o emprego!
O Português pede a palavra:
- Olha, o caso que vou contar é muito mais interessante. Um dia estava andando pelo corredor do hospital e senti o cheiro de um peido.
Imediatamente, capturei-o num saco de plástico, que levei para o laboratório.
Chamei minha equipa e começamos a trabalhar. Primeiro, a partir do peido, fizemos um ânus, em seguida reconstituímos o intestino, e depois, pouco a pouco, todo o corpo. O projecto desta criatura levou o nome de Bagão Félix e teve um desempenho tão fantástico que, quando começou a trabalhar, meio milhão de pessoas perderam o emprego!
 

Um índio já muito velhinho, que morava no alto da Cordilheira dos Andes, era famoso por sua prodigiosa memória.
Filas enormes de turistas e curiosos se formavam diante de sua modesta choupana. Todos queriam saber se a fama correspondia a verdade.
Certa vez, um turista perguntou ao índio o que ele tinha comido no café da manhã de 23 de Fevereiro de 1947.
O índio matutou um pouco e respondeu - Ovos.
O turista ficou meio encasquetado, mas só era permitida uma pergunta para cada pessoa.
Passaram-se muitos anos e, andando pelas ruas de Nova Iorque o mesmo turista encontrou o índio parado em uma esquina. Ficou perplexo ao vê-lo vivo e exclamou:
- Mas como!!!!
E o índio respondeu:
- Fritos.

 

Dentro de uma farmácia, um estudante de Propaganda e Marketing faz perguntas aos clientes para uma pesquisa de mercado:
- Por favor, minha senhora. Eu estou fazendo uma pesquisa sobre o produto "Deslizafácil", para determinar os usos da vaselina no lar. A senhora poderia me dizer como usa a vaselina?
Sem se fazer de rogada, a mulher responde:
- Em casa, usamos a vaselina para machucados, pele seca, assaduras e quando fazemos amor.
O pesquisador então pergunta:
- É a primeira vez que ouço a respeito do uso da vaselina para fazer amor, poderia dar-me mais detalhes?
Mais uma vez, sem se abalar, a mulher responde:
- Eu coloco na maçaneta da porta do quarto ...
- ... Na maçaneta da porta ? ! ? !
- ... É, as mãos escorregam e isso impede que as crianças entrem!!

 

Isaac, o judeu

Isaac, um bom judeu, passeava no centro da cidade, quando sentiu vontade de dar uma cagada inadiável. Acabou achando um banheiro público, e agradeceu aos céus a ausência do moço da roleta. Poderia cagar de graça.
Entrou, desceu as calças, cagou. Refeito do susto, limpou-se e levantou as calças. Por azar, deixou escorregar uma nota de dez euros para dentro do vaso, que pousou sobre a cocozada. Desesperado, o bom Isaac tentou pegar a nota, desistiu, tentou de novo, desistiu. Abriu a porta, deu um passo, olhou para trás, voltou: - Dez euros! P**a Pariu, mas eu não vou meter a mão. Mas são dez euros, p**a pariu!
Deu meia volta, se arrependeu, voltou. Desesperado, meteu a mão no bolso, tirou outra nota de dez e jogou no vaso.
- Por vinte eu pego!

 

Uma senhora chega ao confessionário e diz ao padre: 
- Padre, tenho um problema! 
- Diz-me filha, o que te apoquenta? 
- Sabe, tenho dois papagaios fêmeas, muito bonitas, mas a única coisa que sabem dizer é: 
- Olá, suas p**as..! 
- Querem divertir-se... 
Diz o padre... 
- Ó minha filha, isso está muito mal, mas acho que tenho a solução para o teu problema. Também eu tenho dois papagaios machos aos quais ensinei a ler a Bíblia e a rezar. Vais trazer os teus animais que juntamos na mesma gaiola com os meus, aprenderão a rezar, a ler a Bíblia e decerto deixarão de dizer disparates. 
No dia seguinte a senhora chega com os pássaros e repara que os do padre estão concentradíssimos a rezar o terço. 
Quando colocam as fêmeas na gaiola estas não esperam e como de costume: 
- Olá, suas p**as..!. 
Um dos papagaios do padre pára de rezar e diz para o outro: 
- Irmão, guarda o terço, Deus ouviu as nossa orações, chegaram as gajas..! 

 

Um homem que não possuía braços nem pernas foi convidado pelos amigos para ir à praia. Chegando lá ele resolveu que iria apanhar sol, deitado na areia, de barriguita para cima, enquanto seus amigos foram dar uma volta para azarzurar a mulherada. Passado algum tempo, ao final de tarde, a praia já estava deserta e a maré começou a subir e nada dos rapazes voltarem.
O aleijado então começou a ficar preocupado, a água já estava a dois metros dele.
- Socorro! Alguém me ajude!? Ninguém. Já eram 19:30, nada. A areia já estava molhada sob ele. Depois de muito gritar, o pobre coitado avistou um vulto que cambaleava.
- Estou salvo - pensou ele. Era um bêbado. O homem aproximou-se do aleijado e pegou nele ao colo. Porém o bêbado caminhava em direcção à água a cambalear e sem ouvir nadinha:
- Não, não!!! Eu quero sair daqui- gritava o aleijado. Com a água à altura do peito, o bêbado com um ar todo GreenPeace, solta suavemente o aleijado e diz:
- Vai tartaruguinha, vai tartaruguinha! A liberdade espera-te.

 

 
Um grupo de amigos ía de Jeep num safari em África, quando de repente diz o gago:
- Hip... hip... hip...
- Hurra! - respondem todos antes do jeep se virar com a trombada do hipopótamo...

 

Uma senhora entra num concessionário Mercedes. 
Olha ao redor, e achando o carro perfeito, passa a inspeccioná-lo. Ao inclinar-se para sentir o revestimento de couro, deixa escapar um sonoro peido por entre o justo vestido. Muito envergonhada, dá nervosamente uma olhadela para ver se alguém notou o pequeno incidente, esperando que nenhum vendedor aparecesse naquele momento. Porem, ao virar-se, dá de caras com um vendedor que estava atrás dela:
- Bom Dia, minha senhora. Como posso ajudá-la? 
Muito atrapalhada, ela pergunta: 
- Qual é o preço deste adorável veículo?
O vendedor responde: 
- Se a senhora se peidou somente ao tocá-lo, irá concerteza cagar-se quando souber o preço.

 

O c* resolveu dar uma volta pelo interior do corpo, chegou ao pâncreas e disse:
- Olá pâncreas, eu sou o c*. Prazer em conhecê-lo, o senhor é muito simpático.
Subiu mais um pouco e chegou ao fígado:
- Olá fígado que satisfação em conhecê-lo, eu sou o c*. Passa lá em casa um dia destes.
E assim foi com todos os órgãos até chegar ao coração. O c* apanha o coração a jeito, começa-lhe a apertar as artérias, dá-lhe uma valente surra até o desgraçado do coração conseguir perguntar-lhe assustado:
- Oh c*, foste tão gentil com todos os outros e comigo tratas-me desta maneira?
O c* respondeu:
- Pois é filho da p**a. Apaixonas-te pela pessoa errada e eu é que me lixo!

 

Estava um menino a brincar com um balão, quando o mesmo caiu dentro da retrete. Com nojo de o apanhar, o menino acabou por deixá-lo lá, e continuou a brincar.
Pouco depois, chega o pai, pronto para dar aquela cagada. Com o jornal nas mãos, não se apercebe do balão do filho, senta-se e, durante a leitura, vai descarregando.
Duas horas depois, o jornal lido do princípio ao fim, o homem levanta-se, vê a retrete cheia de m**da e apanha um susto:
- Meu Deus! Como eu caguei! Quanta m*rda!
Atordoado, liga para o seu médico. Explicando a situação, o médico avisa que está a caminho para tratar do caso. Chegando la, o doutor e levado para ver o festival. E tambem se assusta.
- Cruzes! Mas a m*rda cobriu toda a retrete! Deve ter deixado o seu traseiro todo sujo!
- Sem piadas, por favor, doutor. Estou desesperado. O que será que eu tenho?
- Ainda não sei. Preciso examinar o coco.
- O médico tira uma espátula da bolsa para examinar um pouco das fezes.
- Mas, assim que toca na dita, o balão estoura e voa m*rda para tudo o que e lado.
- Estupefacto, o médico olha para o homem, ambos recobertos de m*rda, e diz, conclusivo:
- Sinceramente, já vi muita coisa na vida, mas nunca tinha visto um peido com casca...

 

Uma mulher entra num autocarro com o seu bebé.
O motorista diz: "É o bebé mais feio que eu já vi. Ugh!"
A mulher vai-se sentar no fundo do autocarro.
Furiosa, comenta para um homem ao lado: "O motorista insultou-me!"
O homem responde: "Vá junto dele e diga-lhe umas verdades. Vá lá, que eu seguro-lhe no macaco"

 

Deitada no seu leito de morte, Manuela Ferreira Leite chama a sua 
filha mais velha. Com dificuldade, tira um antigo relógio de bolso, e diz: 
Filha... Estás a ver este relógio? 
- Sim, mãe. - Responde a filha, com lágrimas nos olhos. 
- Ele era da minha bisavó! - Continuou a mãe - Depois, ele foi passado 
para a minha avó...depois para a minha mãe...e depois para mim... 
Agora, chegou a tua vez....................... Queres comprá-lo? 

 

A CIA resolveu recrutar um agente. 
Após uma série de seleções, entrevistas e testes, escolheram três candidatos: um Francês, um Inglês e um Brasileiro. Para a prova final, os agentes da CIA colocaram candidatos diante de uma porta metálica e entregaram-lhes uma pistola. 
- Queremos ter a certeza de que vocês são capazes de seguir ordens, quaisquer que sejam as circunstâncias. 
Então, dizem ao Francês: 
- Atrás desta porta você vai encontrar a sua mulher sentada numa cadeira. Você terá que matá-la! 
- Estão falando sério? Eu jamais mataria a minha mulher!!! 
- Então você não serve, responde o agente. 
Ao Inglês deram as mesmas instruções. Ele pegou a arma entrou na sala e após cinco minutos regressou com lágrimas nos olhos. 
- Tentei mas não posso matar a minha mulher. 
- Você também não está preparado para trabalhar nesta agência. Pegue sua mulher e vá embora. 
Chegou enfim a vez do Brasileiro. Deram-lhe as mesmas instruções. 
Então, ouviram-se tiros, um estrondo e depois outro... a seguir ouvem-se gritos, barulhos de móveis quebrando, etc... 
Após alguns minutos, silêncio total. Então a porta se abre lentamente e o Brasileiro sai todo suado e diz: 
- Bem que vocês podiam ter me dito que os tiros eram de festim!... Tive que matar a desgraçada a cadeirada!!! 

 
Ponto de vista...

Indivíduo chega em casa de mansinho e olhando pelo buraco da fechadura do quarto, vê mulher dele na cama com outro...
Tirou o revólver da cintura, armou o gatilho e então já ia entrando no quarto e metendo bala nos dois, quando parou pra pensar e foi percebendo como a sua vida de casado havia melhorado nos últimos tempos. A esposa já não pedia dinheiro pra nada, nem para comprar vestidos, jóias e sapatos, apesar de todos os dias aparecer com um vestido novo, uma jóia nova ou uma sandalinha da moda. Os meninos mudaram na escola pública do bairro para um cursinho superchique, na zona Sul. Sem contar que a mulher trocou de carro, apesar dele estar há quatro anos sem aumento e ter cortado a mesada dela. E o supermercado então, nem se fala, eles nunca tiveram tanta fartura quanto nos últimos meses. E as contas de luz, água, telefone, internet, celular e cartão de crédito, fazia tempo que ele nem ouvia falar delas. E a mulher era mesmo um avião, uma mistura de tiazinha com Vera Fisher, temperada no caldo da Feiticeira. Coisa de louco. Guardou a arma na cintura e foi saindo devagar, para não atrapalhar os dois.
Parou na porta da sala e disse pra si mesmo:
O cara paga o aluguel, o supermercado, a escola das crianças, as contas da casa, o carro, o shopping, todas as despesas e eu ainda vou pra cama com ela todos os dias...
E fechando a porta atrás de si, concluiu:
PORRA! O CORNO É ELE !!! 

 

O Carlitos vai à mercearia do bairro e pergunta:
- Ó Xô Zé, tem iogutches de manga?
- Não Carlitos, não tenho.
No dia seguinte lá vai o Carlitos novamente:
- Ó Xô Zé, tem iogutches de manga?
- Não carlitos, Yogurts de manga não tenho.
Mais um dia e o Carlitos insiste:
- Ó Xô Zé, tem iogutches de manga?
- Carlitos, eu não tenho yogurts de manga.
O miúdo sai e o Sr. Zé pensa que será melhor encomendar os tais iogurts de manga. No dia seguinte aparece o Carlitos:
- Ó Xô Zé, tem iogutches de manga?
- Tenho sim Carlitos, já tenho iogurtes de manga.
- Xão uma méda, não xão?

 

 

Um sujeito entra num bar e diz para o barman:
- " Eu queria que o senhor me pagasse uma bebida! "
O barman, muito admirado, responde que não e diz que o bar dele não é a Santa Casa de Misericórdia.
- " Ah! Eu tenho aqui uma coisa impressionante e, se eu lhe mostrar, você vai-me pagar uma bebida! "
O barman, intrigado, pede que ele mostre. Então o cliente tira do casaco um baralho de cartas, com cerca de 30 cm de tamanho. O barman fica perplexo e, como nunca tinha visto um jogo de cartas tão grande, resolve pagar uma bebida ao homem. Alguns jogos e copos depois, o barman resolve perguntar ao homem onde é que ele tinha arranjado tão estranho baralho.
- " É que encontrei um geniozinho que concede desejos!!"
O barman, todo empolgado, pede logo ao homem que lhe mostre o geniozinho, para pedir alguma coisa. O homem dá uma lâmpada ao barman, que a esfrega, e, realmente, aparece o tal génio, dizendo o seguinte:
- " Vou conceder-te um único desejo, mas rápido, que eu quero voltar a dormir!"
O barman então, sem pensar muito, pede a primeira coisa que lhe vem à cabeça:
- " Quero um milhão! Um milhão em notas!"
O geniozinho estala os dedos e, de repente, o bar fica entulhado de botas.
- " Botas??? Eu pedi um milhão em notas e não em botas! Essa droga de génio é um bocado surdo, não acha??"
O homem responde:
- " Claro!! Ou você acredita que alguma vez eu pedi um "baralho" de 30 cm??"

 

Um casal de velhinhos estavam conversando no jardim do asilo onde moravam:
- Não podemos ter s*xo, mas gostaria de ter alguém para segurar o meu pénis. Não creio que isso faça mal...
A coleguinha concordou, e durante dois meses se encontravam para tomar sol no terraço. Ele tirava o pênis para fora e ela pegava com muito carinho.
Um belo dia ele desapareceu. Ela o procurou por toda parte no asilo e finalmente o encontrou no quintal, sentado ao lado de outra velhinha, que segurava o seu pénis. A antiga companheira ficou indignada:
- Durante dois meses eu segurei seu pénis sem problema e agora você me deixa por uma outra...? O que é que ela tem que eu não tenho ??
O velhinho retrucou sorrindo:
- Parkinson!!

 

Um homem estava em casa a ver televisão e a comer amendoins. Atirava-os ao ar para em seguida apanhá-los com a boca.
A meio da acobracia a sua esposa fez uma pergunta, e quando ele se virou para responder, um amendoim caiu-lhe dentro da orelha.
Ele bem que tentou tirá-lo mas apenas conseguiu enterra-lo ainda mais. Após horas a tentar, começaram a ficar preocupados e decidiram ir ao hospital.
Estavam a fechar a porta de casa, quando chegou a filha com um amigo. Após serem informados do problema, o amigo da filha disse que conseguia tirar o amendoim.
O jovem enfiu dois dedos pelo nariz do homem a dentro e disse para ele expirar com forca.
A homem assim fez e o amendoim saltou fora. A esposa e a filha saltaram e gritaram de alegria.
O jovem insistiu que não era nada de mais e foi com a filha para a cozinha comer qualquer coisa.
Assim que sairam, a mãe virou-se para o pai:
- Não é maravilhoso ? Não é esperto ? Que achas que ele vai ser quando crescer ?
- Pelo cheiro que tem nos dedos,... vai ser nosso genro.

 

Um homem de 85 anos estava a fazer o seu checkup anual. O médico perguntou como ele se estava a sentir. 
Nunca me senti tão bem - respondeu. - A minha nova mulher tem 18 anos e está grávida, à espera de um filho meu! 
Qual é a sua opinião a respeito disto, Sr. Dr ? 
O médico reflectiu por um momento e disse: 
Deixe-me contar-lhe uma história. Eu conheço um homem, que era um caçador fanático. Nunca perdeu uma estação de caça. Mas, um dia, por engano, colocou o seu guarda-chuva na mochila em vez da arma. Quando estava na floresta, um urso repentinamente apareceu à sua frente. Ele sacou o guarda-chuva da mochila, apontou para o urso e este caiu morto. 
HA!HA!HA!HA! Isso é impossível - disse o velhinho. - Algum outro caçador deve ter atirado no urso! 
- Exactamente... 

 

Um velho vivia sozinho em Trás-os-Montes.
Ele queria cavar o seu jardim, mas era um trabalho muito pesado. O seu único filho, que normalmente o ajudava, estava na prisão. O velho então escreveu uma carta ao filho, na qual falava do seu problema:
"Querido filho,
Estou triste porque, ao que parece, não vou poder plantar o nosso jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo porque a tua mãe adorava a época do plantio depois do inverno. Mas eu estou velho demais para cavar a terra.
Se tu estivesses aqui, eu não teria esse problema, mas sei que tu não podes ajudar-me no jardim, pois estás na prisão.
Com amor, teu pai"
Pouco depois o pai recebeu o seguinte telegrama:
"PELO AMOR DE DEUS, Pai, não cave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos!"
Às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de agentes da Judiciária e polícias apareceram e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar nenhum corpo.
Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera.
Recebeu a seguinte resposta:
"Pai! Espero ter ajudado. Já pode plantar o jardim. Isto é o máximo que eu posso fazer neste momento."

 

Um homem estava na banheira a tomar um banho de imersão. Deu um peido e apareceu logo a mulher perguntando: "Chamaste-me?"; "Não" respondeu ele. Então disse ela: "É que eu ouvi chamar Carlooooooota."

 

Dois sovinas:
- Deste um peido?
- Dei...? Não! Só se caiu...

 

Duas mulheres:
- Não gosto nada de usar meia-calça.
- Porquê?
- Porque cada vez que dou um peido salta-me um sapato!

 

No século XIX, era normal nas estalagens da província, dormirem dois estranhos na mesma cama. Certa ocasião, encontraram-se dois viajantes nestas condições. Enquanto se preparavam para se deitar, conversaram da sua vida e hábitos, e um deles informou "que tinha a pele curta". O outro não percebeu, mas não fez comentários. Pouco depois de se deitarem começou o primeiro com frequência a deixar que os intestinos se libertassem com gases e estrondos. Aborrecido e incomodado, disse o outro:
- Ó homem, você não pode ter mais cuidado?
- Mas eu não o informei de que tenho a pele curta? Quando fecho os olhos, claro, acontece-me isto...

 

Eram dois rapazes que tiraram o curso de medicina. Iam numa rua e ia um homem a coxear, assim muito a coxear. Então um disse para o outro: "Aposto como a doença daquele homem é sífilis". E o outro disse: "Eu aposto que é reumatismo".
Iam nesta discussão e resolveram perguntar ao homenzinho:
- "Oiça lá senhor, nós somos médicos há pouco tempo, e vimos a discutir qual será a sua doença. O meu colega diz que é sífilis, e eu digo que é reumatismo. Qual de nós acertou?"
E o homem respondeu:
- "Olhe, enganámo-nos os três. Eu julgava que era um peido e caguei-me".

 

Porque é que os peidos cheiram mal?
Para os surdos também poderem disfrutá-los.



Um tipo entra no bar com um grande sorriso na cara. 
"Então Zé?...estas contente com quê?" - pergunta o barman. 
"Escuta lá o que me aconteceu ..." - respondeu o tipo - "Sabes que eu vivo ali ao lado da linha de comboio. Ontem à noite ia eu sozinho para casa quando reparei numa rapariga atada aos trilhos, como nos filmes tás a ver? Fui lá, soltei-a e levei-a para minha casa. Bom, resumindo e concluindo, facturei fortemente... fizemos amor a noite toda... fizemos assim, assado, à cão, umas vezes por cima... outras por baixo.... Tou todo partido! 
"Fantástico" - exclamou o barman - "Seu sortudo! E ela também te fez um br**he?" 
"Não" - disse ele - "Nunca encontrei a cabeça dela" 



- Quem acha que é estúpido levante-se - disse o professor para os seus alunos.
Após um longo silêncio, o aluno mais inteligente da turma levantou-se.
- Acha que é estúpido? - perguntou o professor, surpreendido.
- Não, senhor, mas não conseguia suportar a ideia de o ver sozinho em pé.


Um sujeito chega a casa de madrugada, completamente bêbado, e começa a bater na porta, mas a sua mulher não quer abrir.
- Abre a porta! Deixa-me entrar! Eu trouxe uma flor para a mulher mais bela do mundo! - Grita o bêbado.
Sensibilizada por este detalhe romântico, a mulher resolve abrir a porta. O bêbado entra e cai em cima do sofá.
- E a flor? - pergunta a mulher.
- E onde está a mulher mais bela do mundo?


Um pai levou 3 filhos à luta livre. Então o do meio pergunta:
- Quem está a ganhar???.
o pai responde:
- É o que está em cima.
Um dia em casa os miúdos ouvem a cama dos pais a bater na parede do quarto e foram ver. Espreitaram pela fechadura e diz o mais novo:
- Olha a mamã está a ganhar - diz o do meio.
- Olha agora é o papá.
E diz o mais novo:
- Agora fizeram uma pausa.
- Porquê? - perguntaram os outros dois!!
O mais novo responde:
- A mamã está a comer um gelado!!!!


Certo dia uma mãe surpreende o seu filho de 7 anos a meter as mãos por debaixo da saia de uma amiga de escola. Escandalizada, grita-lhe:
- TIRA DAÍ AS MÃOS, NÃO SABES QUE AS MULHERES TÊM DENTES AI EM BAIXO? 
O miúdo rapidamente retira a mão, satisfeito por não ter sido mordido, mas o susto ficou e o puto ficou traumatizado e convencido que as mulheres de facto têm dentes... lá no sítio. Anos mais tarde, tinha o tal puto já 17 anos, e encontrando-se sozinho em casa, aos beijos com a namorada, quando ela lhe diz: 
- Não queres ir um pouco mais longe... 
- Como assim??!!!?!!?!? 
- Podias meter a tua mão aqui em baixo - diz-lhe ela maliciosamente. 
- F**A-SE, NÃO - respondeu o rapaz atordoado - tens dentes aí em baixo!!!
- O quê?? Tás maluco! É claro que não tenho!!! 
- Tens sim, a minha mãe disse-me. 
- Não tenho nada, ora vê lá...- disse a miúda depois de levantar a saia, tirar as cuecas e abrir ligeiramente as pernas. 
- Não me convences, desculpa, mas a minha mãe disse que tinham dentes. 
Desesperada, a rapariga tira a saia, abre completamente as pernas e com as mãos abre a rata, dizendo ao rapaz: 
- E agora, acreditas que não tenho dentes aqui? 
- Bem... agora acredito... mas olha que tens as gengivas feitas num oito.. 




Num avião viajavam o Primeiro Ministro Durão Barroso, a Ministra Manuela Ferreira Leite, o Ministro Morais Sarmento, o Ministro Paulo Portas, a Ministra Celeste Cardona e o Presidente da Câmara de Lisboa Santana Lopes.
Houve uma explosão explosão a bordo. O avião caiu de 12 mil metros de altitude. Bateu no solo e explodiu. 
Pergunta: Quem se salvou? 
PORTUGAL!!!


Sabem quando é que o pinóquio descobriu que era de madeira?
Quando bateu uma pu***ta e saiu RESINA.


O jovem empresário do Norte topou a bela rapariga no balcão do bar e resolveu meter conversa.
- Então a jovem chama-se...
- Carmen, disse ela.
- Mas que nome tão bonito. Foi a sua mãezinha que lho pôs?
- Não, fui eu que mo pus.
- Ah, que interessante. Mas porquê Carmen? Gosta de nomes espanhóis?
- Não. É inglês. Car-men, porque gosto de carros e gosto de homens. E olhando-o nos olhos, ela perguntou:
- E o seu é?...
- Digamos... Beerf*ck.


Ao entrar num elevador, o sujeito inadvertidamente esbarrou com o cotovelo nos seios avantajados de uma loura. Aproveitou logo para meter conversa: 
- Se o seu coração for tão mole quanto os seus seios, tenho certeza que a menina me há-de perdoar! 
- Se o seu pau for tão duro quanto o seu cotovelo, o meu apartamento é o 608!


O que é um paralelo????
É uma Cigana a levar no rabo e a gritar: "Pára Lello ... Pára Lello!!".


Um dia o Belmiro de Azevedo chegou para um dos seu colaboradores e colocou-o a abrir rasgos na terra. Isto era desde as 8h da manhã até às 17h da tarde. Certo dia o Belmiro de Azevedo vendo o seu colaborador , achou que este trabalhava pouco. Então sugeriu-lhe o seguinte:
- Ó colega, já que você tem 2 mãos, com uma você cava e com a outra vai regando. E já agora começa a vir das 7h até às 18h.
No outro dia, o Belmiro de Azevedo olhou outra vez para o seu colaborador e achou-o pouco produtivo outra vez. Então sugeriu-lhe:
- Ó colega, já que você tem também uma boca, podia enchê-la de sementes e enquanto com uma mão cavava e com a outra regava podia cuspir as sementes. Já agora começa a trabalhar às 6h e termina às 19.
No outro dia o Belmiro de Azevedo achou que o seu colaborador deveria trabalhar enquanto fosse dia. Portanto sugeriu-lhe que o seu trabalho passasse a ser das 5h até às 22h. E assim foi.
Um dia quando o pobre colaborador voltava a casa do trabalho, deparou com a sua esposa com outro homem na cama. O homem, chorou, chorou, chorou vezes sem conta até que a sua esposa e amante desesperados com aquela situação, tentaram consolar o pobre homem, perguntando-lhe porque chorava ele assim tanto. Ao que ele respondeu:
- Se o Belmiro de Azevedo descobre agora que eu tenho 2 cornos, coloca-me lá umas lanternas e põe-me a trabalhar à noite.
 



Um rapaz estava na praia, todo nú, naquela de apanhar um solzito. Foi então que viu uma criancinha que se aproximava. O rapaz tapou as partes íntimas com um jornal que estava a ler. A menina perguntou-lhe: 
- O que é que tens aí debaixo do jornal? 
- É um passarinho - respondeu ele 
A garota foi embora e o rapaz adormeceu. Quando acordou, estava num hospital com tantas dores que mal conseguia pensar. 
Quando a polícia lhe perguntou o que tinha acontecido, o rapaz respondeu: 
- Não sei, estava deitado na praia e uma menina perguntou-me qualquer coisa sobre as minhas partes intimas e a próxima coisa que sei é que estou aqui. 
A polícia voltou à praia, encontrou a menina e perguntou-lhe: 
- O que fizeste com o rapaz que estava aqui deitado todo nú? 
Depois de uma pausa, a menininha respondeu: 
- Com o moço? - Nada. Eu só estava a brincar com o passarinho, mas o malandro cuspiu-me. Então eu torci-lhe o pescoço, parti-lhe os dois ovinhos e deitei fogo ao ninho!
 



Um belo dia, Afrodite, deusa do amor, estava a passar por uma praça e viu a estátua de dois amantes. Eles estavam quase a beijar-se, mas não chegavam a fazê-lo. Afrodite ficou com pena. Pensou:
- Esses dois estão aqui nesta posição há mais de cem anos e nunca chegaram a beijar-se! Preciso fazer algo por eles.
Aproximou-se das estátuas e, usando o seus poderes, transformou-as em dois seres humanos normais. Disse-lhes:
- Vocês tem meia hora, como humanos para fazer o que quiserem. Depois disso se transformarão em estátuas novamente. Aproveitem!
Afrodite viu, com satisfação, que os amantes foram a correr imediatamente para uma moita no bosque ali perto. Ficaram lá quinze, vinte, vinte e cinco minutos. A deusa do amor, então, não podendo conter-se mais, foi até as moitas para ver o que os dois estavam a fazer. Ao chegar lá os viu agachados, cheios de entusiasmo.
O homem, então, olhou para a mulher e disse:
- Vamos! Agora é a tua vez! Eu seguro o pombo e tu cagas em cima dele.

 


Um destes dias, uma professora da 1ª classe decidiu contar a história dos três porquinhos. Foi contando até que chegou à parte em que os porquinhos tentavam angariar materiais para construir as suas casas, 
"E então, o primeiro porquinho chegou-se ao pé do carroceiro que transportava fardos de palha e perguntou:
- O Sr. não se importa de me ceder um pouco da sua palha para que possa construir a minha nova casa?" - contou ela.
Depois, virando-se para os alunos, perguntou:
- E o que acham vocês que o homem disse?
Respondeu uma das criancinhas:
- Acho que disse "F**a-se! Um porco que fala!?!"
 



Diz a Avó para o netinho:
- Ó Jorge, como é que se chama aquele alemão que deixa a Avó completamente doida da cabeça?
- Alzheimer, avó, Alzheimer!

 


Uma mulher, toda boazona, vai ao médico:
- Sr. Doutor: queria que fizesse algo pelo meu marido... Algo que o fizesse ficar como um touro!
- Pois bem, dispa-se! Vamos começar pelos cornos!
 


Estava um casal de chineses na troca de fluídos corporais, e diz a mulher:
- Então amol, ainda demolas muito a vil?
Ao que responde o marido:
- É já culação...


Um casal de noivos está no auge do clima quando a noiva sugere que façam um 69...
- Que raio é isso? - pergunta o noivo.
A menina percebendo a inexperiência do noivo, disse:
- Eu coloco a minha cabeça no meio das tuas pernas, tu colocas a tua no meio das minhas...
Ele sem perceber muito bem do que é que ela estava a falar, para não arruinar o momento, disse que sim.
No meio do precioso momento em que estavam na posição a menina solta um demolidor e respeitoso peido.
O noivo tossindo e arrastando-se como pode, retira-se por alguns instantes da cama.
A menina muito envergonhada pede desculpas e diz que isso não voltará a acontecer.
Os dois retomam a posição de ataque quando... outro peido se escapa.
O noivo levanta-se meio tonto e começa a vestir-se... A menina pergunta:
- O que foi? Vais-te embora?
E ele responde:
- Se pensas que vou esperar os outros 67 estás muito enganada...

A miúda acompanhou o avô ao barbeiro. 
Enquanto o mestre fazia o seu trabalho, a garota comia um doce, pelo que o barbeiro lhe disse: 
- Ainda vais ter pêlos no teu docinho!
- Eu sei. E também vou ter mamas!  

  

A professora chega à sala de aula e vira-se para o menino mais endinheirado da classe:
- Pedrinho, forme uma frase com "suponho"...
- Hoje vim à escola de Mercedes 500 E; suponho que o BMW 750 IL estava na revisão.
- Muito bem.
Faz o mesmo pedido a um aluno da classe média:
- Hoje a mamã fez o café; suponho que a mulher-a-dias faltou ao serviço.
Finalmente, a professora pede ao simples e remediado Joãozinho uma frase incluindo "suponho":
- Hoje pela manhã vi a minha avó no quintal com o jornal debaixo do braço...
- Sim?
- Suponho...
- Sim?
- Que ela ia c*gar porque não sabe ler! 

  

O Zézinho estava numa festa e, apesar de expressamente proibido pelo pai de abrir a boca, resolve contar uma das suas histórias porcas à frente de tudo quanto era amigas da mãe:
- Hoje atracou ali na doca do Jardim do Tabaco um navio cheio de gorilas com pilas do tamanho de pepinos gigantes!
As senhoras, indignadas, começaram a fugir da sala. Grita o Zézinho:
- Tenham calma que o navio ainda lá vai ficar duas semanas! 

  

Vocês sabiam que antigamente na Inglaterra as pessoas que não fossem da família Real tinham que pedir autorização ao Rei para terem relações s*xuais? Por exemplo: Quando as pessoas queriam ter filhos, tinham que pedir consentimento ao Rei que então, ao permitir o coito, mandava entregar-lhes uma placa que deveria ser pendurada na porta de casa com a sigla: F.*.*.K. (F**nication Under Consent of the King). Daí a origem da palavra F**K (até aqui é verdade.....). 
Já em Portugal as pessoas eram obrigadas a ter relações: F.*.*.A.(F**nicação Obrigatória por Despacho Administrativo). Daí a origem da palavra F**A.
Quem não tivesse relações tinha que ter na porta seguinte sigla: P.A.N.E.L.*.*.R.O (Por Autorização Normativa Este Lar Está Isento de Relações Oficiais) Quem fosse solteiro ou viúvo tinha que ter na porta a sigla: P.U.N.*.*.T.A. (Processo Unilateral de Normalização Hormonal por Estimulação Temporária Autoinduzida). 

  

Uma mulher é transferida para trabalhar para outra cidade. Depois de poucos dias manda um telegrama enigmático ao marido dizendo: 
- Suplico envio de documentos urgentes para divórcio, encontrei companheiro ideal tem as caracteristicas do novo Vectra da Opel. 
O marido desesperado corre a um concessionario Opel e pergunta ao vendedor quais são as novas caracteristicas do novo Vectra, diz o vendedor: 
- Tem um motor mais potente, é mais comprido e mais longo, portanto mais rápido na subida, é mais bonito mantém potencias altas por mais tempo, tem força de 16 cavalos e não bebe muito. 
O marido compreende imediatamente o que a sua mulher quis dizer, e duas semanas mais tarde é ela que recebe um telegrama do marido: 
- Mandei os papeis para o divórcio, assine rápido, também encontrei companheira ideal, reune as carateristicas do novo Jeep Cherokkee. 
A mulher tomada de curiosidade vai a um stand Jeep e pergunta sobre o novo Jeep, ao que o vendedor responde: 
- É mais resistente suporta mais peso, tem lubrificação automática, a carroçaria nova é mais arredondada, o design é mais bonito e o interior mais confortável, possui duplo airbag de tamanho grande, é mais silencioso, não vaza óleo, o consumo é aceitável, e melhor de tudo aceita engate na traseira... 

  

Um ceguinho todos os dias pedia esmola na praça central. Com uma lata na mão, sacudia a lata
e uma moeda que estava la dentro saltava e voltava a cair na lata fazendo barulho, e ele dizia:
- Uma esmolhinha pelo amor de Deus !
Até que um dia, passou um miudo a correr e apanhou a moeda no ar. Então, o ceguinho disse:
- Minha Nossa Sra, agora tá tudo lixado. Eu já era cego e agora tambem fiquei surdo ! 

  

O electricista, entra na sala do hospital, onde estao os doentes submetidos aos aparelhos de pulmao artificial, e anuncia:
- E agora pessoal, vamos a dar uma respiradela bem funda, que eu preciso de cortar a luz por uns 5 minutos! 

  

Um velhote resolve ir as pequenas, e está a fazer s*xo há umas 3 horas seguidas. Depois de tanto pinocar, e com um ar cansado, vira-se para a pequena e diz:
- "Vais estar agora algum tempo sem me ver", diz ele.
- "Então, foi muito cansativo?", pergunta a pequena.
- "Não... vira-te..." 

  

Dois cagalhotos vão assaltar um banco e pelo caminho encontram a diarreia que lhes pergunta:
- Aonde é que vão?
- Vamos assaltar o banco.
- Posso ir com vocês?
- Não, que isto é um trabalho para duros. 

  

Uma carruagem de comboio vai a cunha, com gente de pé, na coxia, mas há um banco de dois lugares só com um ocupante. Cheira ali tão mal que ninguém se senta. Um espanhol, vendo o lugar vago, avança, vai para se sentar, mas pergunta delicadamente ao ocupante do outro assento:
- Puedo?
Resposta do outro, tranquilamente:
- Não. Bufa! 

  

Um homem está na bicha para o cinema. De repente dá um peido, olha para trás e diz:
- Bem feito. Já não vais comigo ao cinema. 

  

Chapéuzinho Vermelho está andando pela floresta, para levar seus docinhos para vovózinha, quando vê uma moita se mexendo. Sem conseguir conter a sua curiosidade, espia atrás da moita e dá de cara com o Lobo Mau. 
- Bom dia, seu Lobo! Nossa que olhos grandes você tem! - observa ela. 
- São para melhor te ver, Chapéuzinho! - responde o Lobo, cordial. 
E ela continua o seu passeio. Pouco mais adiante, vê outra moita se mexendo. Corre para dar uma espiada e novamente encontra o Lobo Mau. 
- Ola, seu Lobo! Nossa que nariz grande você tem! - observa. 
- São para melhor sentir o seu perfume, Chapéuzinho! - responde ele, secamente. 
E ela continua o seu passeio. Alguns minutos depois, vê outra moita se mexendo. Espia e outra vez dá de cara com o Lobo. 
- Uau! Você de novo! Mas que orelhas grandes você tem! - observa. 
- São para melhor te ouvir, Chapéuzinho! - responde ele, irritado. 
E ela continua o seu passeio. Duzentos metros depois, vê outra moita se mexendo. Advinha quem está la? O próprio. 
- Ola, seu Lobo! Mas que saco grande você tem! - observa. 
- São para te aturar, Chapéuzinho! Faz meia hora que eu estou querendo dar uma cagada e você não deixa! 

  

Um velhinho de 72 anos estava passeando de carro quando avistou uma praia de nudismo. Curioso, resolveu dar uma olhada. Na portaria, um rapaz foi explicando muito gentilmente: 
- Meu senhor, essa praia de nudismo é o paraíso da liberação s*xual! O senhor vai se sentir na Suécia! Aqui se pode fazer o que quiser, s*xo oral, an*l, grupal, sado-masoquismo etc... Tudo isso por apenas € 25,00. 
O velhinho ficou entusiasmado, pagou o ingresso, tirou a roupa e ainda não tinha andado cem metros quando avistou uma loira deslumbrante deitada na areia, tomando sol. Parou próximo da diva e ficou admirando aquela maravilha da natureza. Logo sentiu sua jeba espreguiçando-se e começando a levantar. 
- Tá afim, vovô? - disse a moça ao ver o mastro duro. - Vem cá! 
O velhinho pulou em cima da moça e logo se satisfez. Dez minutos depois estava novamente passeando pela praia e de repente soltou um peido. 
- Tá afim, vovô? - disse um rapaz que estava passando por ele. derrubou-o no chão e meteu-lhe a vara. 
Assim que o rapaz foi embora o velhinho correu em direção da saída. 
- Que foi, vovô! - interpelou o porteiro. - Não gostou da nossa praia? 
- De que jeito? Se eu só fico de pau duro uma vez por mês e peido de dez em dez minutos!!  

  

Diz o cego para o paralítico:
- Então como tens andado?
- Olha, como tens visto. 

  

No elevador, ao lado de um casal distinto, um rapaz solta um peido barulhento. O marido, irritado, protesta:
- Mas que falta de respeito! O senhor nao tem maneiras ?
- E' a natureza, meu velho! - responde o rapaz em tom malcriado.
- E' a natureza! Essa e' boa! Nao me diga que nao consegue segurar um peido!
- Porque? O senhor consegue?
- Claro!
O rapaz solta outro ainda mais barulhento.
- Então, segura este! 

  

Sabem qual era a alcunha dos portugueses na 2ª Guerra Mundial?
Era 'os tomates', porque colaboraram mas não entraram. 

  

Um velhinho de 75 anos, voltando da viagem de lua-de-mel, encontra um amigo que lhe pergunta:
- Então, como foi a lua-de-mel?
- Óptima! - responde o velhinho.
O amigo insiste:
- E o s*xo, como foi?
- Fizemos quase todos os dias!
- Como assim, quase todos os dias?
- É isso mesmo: quase fizemos na segunda, quase fizemos na terça, quase fizemos na quarta... 

  

Uma senhora está em casa e vê um vulto passar. Aproxima-se dele por trás,com cuidado, agarra-lhe os "ditos cujos", e apertando-lhos pergunta: 
- QUEM ÉS TU? 
Não obtendo resposta, aperta com mais força... 
- QUEM ÉS TU? 
Mantendo-se o silêncio, ela aperta ainda mais, já pequenas pregas se escapam por entre os dedos, e volta a perguntar: 
- QUEM ÉS TU? 
Uma voz sofredora consegue responder: 
- O... o... o... Toni... 
- QUAL TONI? 
- O... o... o... o... mudo! 

  

Estavam dois amigos a conversar, sendo um deles ilusionista.
-"Epá, tens que me fazer uma magia! Sabes que eu gramo essa cena à brava!", disse o primeiro
-"Não me está a apetecer", respondeu o mágico
-"Anda la pá, faz la!"
-"Ok! Então despe-te"
-"O quê?"
-"Epá despe-te! Faz parte da magia..."
E o outro la se despiu
-"Agora abre as pernas, vira-te de costas e apoia-te na parede... Estas a sentir o meu dedo no teu cu?...", disse o mágico
-"Sim..."
-"... Então olha agora sem mãos...Isto é magia!" 

Morreu na fábrica de cervejas um empregado que, coitado, caiu dentro de um tanque de cerveja. O homem ainda resistiu por algum tempo, mas a elevada temperatura e a profundidade do tanque impediram que os seus colegas tentassem fazer qualquer coisa para o salvar.
Testemunhas deste terrível acidente contam que ainda viram o homem a vir à superfície pedir uma coisa...TREMOÇOS!!! 

Um indivíduo chega á porta de um baile de máscaras, com as duas mãos a tapar o p*nis. À porta, o porteiro pergunta muito admirado:
- Você vem mascarado de quê?
- De provérbio!
- De provérbio??
- Sim, homem;. Mais vale um na mão que dois a voar!  

  

Dois fanhosos resolvem ir roubar patos:
- "Olha, du saldas o buro e eu figo agui à esbera dos batos!"
O outro salta e cai mesmo ao pé dos patos, que se assustam e comecam todos:
"Qua! Qua! Qua!..."
E o outro fanhoso:
- "Oh bá um qua quer! Um qua quer!" 

  

Uma mulher acaba de ter um filho... O medico pega no puto pelos pes e da'-lhe uma palmada no rabo. O puto nao reage
entao o medico com o puto agarrado pelos pes, comeca a bater com ele contra a parede. A mae comeca a gritar:
- AAAAAH nao faca isso!!!
E o medico continuava... PUM contra a parede, pontapés no puto, etc... A mae do puto grita ainda mais:
- ASSASSINO!! TA A MATAR O MEU FILHO!!!
Ate' que o medico para, comeca a rir e diz para a mae do puto:
- Eheheh, tava a brincar, ja' nasceu morto!

Nasce um miúdo na maternidade. A enfermeira levanta-o e dá-lhe a classica palmada. Puto não chora. Dá-lhe outra. Nada. Outra com montes de força. Nada. Pega no puto e bate com ele na mesa várias vezes. Nada. Roda-o no ar partindo vários armários. Finalmente atira-o pela janela. A mãe, aterrorizada, grita:
- O que é que está a fazer ao meu menino???
- Estava a gozar minha senhora, já nasceu morto.

Um português e um espanhol engatam duas garotas, vão para quartos contíguos, e combinam que pagará todas as despesas aquele que menos vezes conseguir ter relações s*xuais com a rapariga.
-JÁ CÁ VAI A PRIMEIRA!! - diz o português batendo na porta do outro.
-E MIM DOBRA! - responde o espanhol.
O outro ficou admirado pela rapidez do espanhol, faz um esforço e grita:
-JÁ DEI A SEGUNDA!
-E MIM DOBRA! responde o espanhol novamente.
E veio a terceira, quarta, quinta e sempre o espanhol dizia que dobrava.
Cansado e exausto e sem poder acreditar na virilidade do espanhol, entra pelo quarto do vizinho e pergunta á rapariga:
- É verdade que esse tipo já deu dez?
- Dez? - diz a rapariga - ,Ele ainda não a conseguiu endireitar para a primeira, sequer! Não vale um caracol. Dobra, dobra, e não passa disto! 


Um gago desembarca no Rossio, aflito, e dirige-se a um transeunte:
- Pó-pó-pó-pó-de de-di-dizer-me a-a-aonde é a ca-ca-casa de-de ba-banho?
- O se-se-senhor v-v-va-va-vai por esta r-r-rua,vó-vó-volta à-à-à s-s-sua es-es-esquerda,de-de-depois à-à s-s-sua di-direita,a-a-anda uns ce-cem m-me-me-metros e-e-e-no no largo há-há u-u-ma ca-ca-casa de ba-banho.
- Mui-mui-tô-obrigado,mas já-á-á ca-caguei n-na-nas calças. 

  

O instrutor de paraquedistas:
- Contam todos até dez para abrirem o pára-quedas, OK???
No ar, já todos com o pára-quedas aberto, começa a cair um vertiginosamente.
Diz outro:
- Olhem, la vai o gago... 

  

Dois anormais estão a falar e um com a mão fechada atrás das costas diz para o outro:
- Adivinha o que tenho na mão?
- Um tazo!
- Não.
- Um berlinde!
- Não.
- Ohhhh não sei...
R: Paralisia Infantil! 

  

Um médico fica espantado pelo seu doente ter um testiculo de madeira e outro de ferro. E pergunta-lhe: 
- Você consegue ter uma vida s*xual normal?? 
- Claro, Sr. Doutor e até tenho dois filhos.... 
- Dois filhos?! Quem são os seus filhos? 
- O Pinóquio e o Robocop!!!!!! 


MULHER: Se eu morresse tu casavas outra vez?
MARIDO: Claro que não!
MULHER: Não?! Não porquê?! Não gostas de estar casado?
MARIDO: Claro que gosto!!!
MULHER: Então porque e que não casavas de novo?
MARIDO: Está bem, casava...
MULHER (com um olhar magoado): Casavas?
MARIDO: Então?...
MULHER: E dormias com ela na nossa cama?
MARIDO: Onde é que tu querias que nos dormissemos?
MULHER: E substituias as minhas fotografias por fotografias dela?
MARIDO: É natural que sim...
MULHER: E ela ia usar os meus tacos de golfe?
MARIDO: Não. Ela é canhota.
MULHER: (silêncio)
MARIDO: M*rda. 

   
Um homenzinho chega a casa e avisa a mulher para fazer o jantar mais cedo, para tomar banho, para se perfumar, pôr-se toda jeitosa e ir para a cama e que esperasse la por ele que ele tinha visto uma coisa num filme que era capaz de ser engraçada experimentarem.
A mulher ficou curiosa e perguntou-lhe que raio de coisa era aquela que ele tinha visto no filme.
E ele la lhe explicou que tinham de arrastar a cama para a frente da porta do quarto, que ela tinha de estar muito quietinha la na cama à espera dele porque ele ia vir a correr desde a ponta do corredor, saltar por cima da cama e depois que la se iam ajeitar para fazerem aquilo ...
Ela concordou ...
Comeram, ela lavou-se, penteou-se, perfumou-se e foi deitar-se.
Ele foi para o fundo do corredor todo armado em atleta, ia a chegar à porta do quarto, mesmo quando ele se estava a preparar para saltar atravessa-se-lhe o gato à frente.
Coitado do homem nunca tinha dado um trambolhão tão grande, manda uma cabeçada no fundo da cama e fica ali a gemer como um perdido :
- Ai ai ai ai !
Vira-se a mulher muito má para ele :
- Ouve lá! Mas afinal que raio de f**a. é esta, que só tu é que sentes ?  

  

Existia um casal, cujo casamento se encontrava numa situação nada famosa. Grande parte dos seus desentendimentos era devido a questões s*xuais. Quais eram estas questões? O marido gostava, quando tinha relações com a mulher, de a chamar "Brigitte Bardot", coisa que ela detestava. A outra questão, era a de o marido querer fazer s*xo an*l, coisa que ela não deixava. E assim corria a vida deles, cada vez pior. A mulher, que por sinal até gostava do marido, decidiu-se a fazer algo para salvar o casamento. Assim, um dia de manhã, foi a um salão de tatuagens, e, explicando a história ao tatuador, pediu-lhe para ele lhe tatuar um "B" em cada bochecha do rabo, para o marido pensar na "Brigitte Bardot". Feito isto foi para casa. Ao fim da tarde, quando o marido chegou do trabalho, a mulher falou com ele:
- "Querido," - disse ela - "vamos para o quarto que tenho uma surpresa para ti.".
E assim foram. Entraram no quarto, a mulher disse para ele se despir, apagou a luz, despiu-se e disse-lhe para ele lhe ir ao c* à vontade. O marido ficou radiante, e esteve doze horas naquela lufa lufa, a ir-lhe ao c*. Quando finalmente não aguentava mais, a mulher virou-se para ele e disse:
- "Sabes, querido, ainda tenho mais uma surpresa..."
- "Mais uma surpresa ?!? Não sei se vou aguentar..."
A mulher levantou-se da cama, acendeu a luz e virou o c* para ele.
- "Então, querido, o que achas?"
Ao que o marido responde:
- "BOB ?!? Quem é o BOB?!?" 

  
Natasha, de 4 anos chega a casa e diz à mãe:
- A pilinha do Joãzinho parece 1 amendoim."
A mãe acha piada e diz:
- Porquê, era pequenina?
- Nao, era salgadinha. 

  

Uma família de Açoreanos:
Diz o miúdo:
- Ó mãe....o que um insete?
- nã sei...pergunta à tua irmã.
- Ó mana....o q é um insete?
- nã sei...pergunta ao pai.
- Ó pai....o q é um insete?
- Ó meu ganda burr...1 e 7 são 8. 

  

Um português liga para a embaixada americana: 
- Boa tarde! Queria informar-vos que fomos nós, os portugueses. Somos os autores dos atentados de de NY e Washington... 
- What? Nós pensar que foi Bin Laden! Ele ser terrorista muito perigoso... 
- Não foi ele! Fomos nós! Planeámos e executámos tudo! Foi limpinho... 
- Bastards! Vamos bombardear vosso país!!! 
- Não temos medo de vocês! 
- By the way: qual ser capital de Portugal? 
- Madrid.